Tecnologia na medicina

Tecnologia na medicina

Segundo cientistas, a pessoa que viverá 150 anos já nasceu (há quem diga que é possível chegar aos 220!!!!) e isso será possível graças à tecnologia na medicina. Essa união divide as pessoas desde os primórdios. Há quem ache que a tecnologia soma e auxilia na cura das doenças; há quem afirme que a tecnologia é a responsável pelo surgimento de doenças mais fortes e letais. E, no meio desse embate, pesquisas ao redor do mundo são realizadas e apresentam novos resultados todos os dias. Por isso, não é raro você ligar a televisão ou ler o jornal e encontrar notícias de que um grupo de pesquisadores descobriram como combater determinada doença ou que, por um deslize, um vírus novo escapou dos laboratórios e pode colocar toda uma população em risco. Tecnologia na medicina é o nosso tema de hoje. Dê uma olhada em 2 casos em que a tecnologia ajudou e em outros 2 em que a tecnologia na medicina foi culpada por colocar os habitantes da Terra em pânico. Casos que a tecnologia na medicina deu certo   Rapidez e assertividade nos exames   Para que você tenha uma ideia, nos anos 40, o resultado de um exame de sangue demorava, em média, 2 semanas para ficar pronto. Além da demora, o resultado tinha uma margem de erro de até 20%. Por isso, doenças que não tinham sintomas claros eram mais difíceis de serem detectadas. Com o avanço da medicina, além de maior qualidade em exames de raio-x, exames de sangue se tornaram mais assertivos e céleres. Hoje em dia, médicos afirmam que um exame de sangue...
Os pagamentos do futuro

Os pagamentos do futuro

Sobre os pagamentos do futuro, já temos algumas ideias de como serão pagas as nossas contas. Afinal, já há tecnologias que caminham sozinhas ou que estão engatinhando em alta velocidade. Com números cada vez maiores de roubos e furtos nas ruas e estabelecimentos, formas de pagamentos alternativas tem atraído as empresas e pessoas. E outra coisa que atina essa corrida é a discrição, isto é, tornar possível pagamentos com “acessórios”, como: pulseira, relógios e o próprio olho. Nesse artigo, separamos alguns desses pagamentos do futuro para explanar quais as tecnologias por trás de cada um, sua funcionalidade e em quanto tempo fará parte do nosso cotidiano. Pulseiras O que você acha de usar uma pulseira que, além de “estilosa”, é discreta e serve para pagar o seu jantar no fim de semana? Esse “adereço” fez algo que, com o passar dos dias, tem se tornado cada vez mais comum: cientistas e designers dividindo a mesma mesa. Isso se deve ao fato de que uma tecnologia só é bem vista pelo público caso “orne”, isto é, seja prática e que não tenha uma cara de robô quadrado. Por isso, uma das maiores empresas de cartões (crédito e débito) lançou há um certo tempo uma pulseira que, por aproximação, é capaz de efetuar compras. A mecânica é simples: o estabelecimento cria um código que será lido pela pulseira. É a tal da “internet das coisas“.  Relógio Essa tecnologia, assim como a pulseira, foi “apresentada” ao público nas Olimpíadas 2016, no Rio de Janeiro. A mecânica do pagamento é a mesma, já que o segredo também está na pulseira. Como “tudo” já...
Blockchain é o futuro?

Blockchain é o futuro?

Blockchain. Essa é uma palavra estranha, mas é bem provável que você já tenha lido ou escutado falar sobre ela. Se levarmos ao pé da letra, blockchain significa “cadeia de bloqueio”, isto é, um emaranhado de códigos, pra sermos mais claros.   Essa tecnologia já era estudada há muito tempo por pessoas que, além de muito conhecimento, buscavam uma forma de tirar o monopólio dos bancos quando o assunto é dinheiro e transações. Porém, só depois da invenção do Bitcoin, o blockchain começou a ter uma atenção maior das pessoas e dos meios de comunicação. Caso você não saiba ou seja novo aqui, o Bitcoin é uma moeda virtual que é o resultado da mineração. Ou seja, é o pagamento para a máquina que consegue decifrar milhões de códigos em questão de segundos. Para entender melhor sobre o que é, como nasceu e pra que serve essa moeda digital, clique aqui. Voltando ao assunto que fez você clicar nesse artigo, vamos falar melhor sobre a tecnologia que, curiosamente, tem atraído a atenção da principal vítima, quer dizer, dos bancos. O que é Blockchain? O blockchain é, de forma simples e objetiva, um banco de dados diferente dos demais já existentes ou de tudo que você jamais imaginaria. Dinheiro, atualmente, é sua principal “área” de atuação. É possível afirmar a frase acima, pois, com tecnologia avançadíssima e com inteligência para autoconfiguração, esse banco de dados é inviolável. Sim, sabemos que pode parecer muita utopia do mercado ou um exagero nosso. Mas não é! Bom, agora que você já sabe o que é blockchain, está na hora de fazer outra pergunta:...
Tecnologia bélica e a corrida armamentista

Tecnologia bélica e a corrida armamentista

Esse é um assunto que, se possível, nunca teríamos que falar sobre. Mas como a realidade é outra, vamos tentar mostrar o “por quê” de ter abordado esse tema: a tecnologia bélica. “Tá, mas por que falar da tecnologia bélica?” Decidimos abordar esse assunto, já que, por imbecilidades continentais, vivemos em uma espécie de 2ª Guerra Fria – para os mais novos, a guerra citada foi um período em que as potências mundiais (EUA e URSS) ficavam disputando o poder bélico, mas o embate nunca aconteceu – com um detalhe: o poder de destruição é, pesarosamente, maior! As figuras principais dessa história você já deve conhecer: Donald Trump e Kin Jong Un. De um lado, um exemplo de americano “tosco”; do outro, um ser detestável. No fim, os dois são maioria em um quesito: loucura. Bom, agora que já te explicamos e iniciamos a conversa sobre a tecnologia bélica, iremos mostrar algumas das armas mais tecnológicas que já existem e que, em alguns casos, são utilizadas. Ok? Vamos lá! Cell Phone Gun Sabe aqueles celulares antigos, também conhecidos como “tijolão”? Se ver um na rua, é melhor tomar muito cuidado ao tirar sarro da pessoa que está com ele em mãos. Afinal, você pode estar muito errado(a). Há alguns modelos diferentes, mas o “padrão” é o que você pode ver na foto, isto é, com truque no meio e capacidade de até 4 balas.  CornerShot Sabe aquela aflição que você já sentiu quando participou de um paintball com os amigos? Ou aquela aflição dos filmes em que o “bem” troca tiros com o “mal” e ficam espiando um ao...
As novidades da Apple

As novidades da Apple

E o grande evento dos últimos 10 anos chegou e dividiu opiniões dos fãs. Há quem diga que foi surpreendido; outros, que é mais do mesmo. Na verdade, hoje em dia, o mundo spoiler tá cada vez mais esperto e célere nas informações. Por isso, aaaaquela mística e expectativa que envolviam o lançamento do novo modelo do iPhone foi perdida. O evento em si só tem servido para corroborar o que já é sabido e/ou especulado. Pra ficar mais fácil, iremos separar os modelos e, respectivamente, as características de cada um dos smartphones e demais aparelhos, já que também foi apresentada a TV e o relógio, ok?   iPhone 8 e iPhone 8 Plus Como você já sabe, a diferença de um pro outro é o tamanho da tela. Enquanto o iPhone 8 vem com o uma tela de 4,7 polegadas, o 8 Plus tem uma tela de 5,5 polegadas. Aproveitando que estamos nas telas, a Apple mudou o material delas: agora é vidro! Na verdade, não é uma novidade, e sim um remember. Afinal, era esse o material usado até o modelo 4S. O design não muda com relação aos modelos anteriores. Mas temos mais novidades: carregamento sem fio. Com essa tecnologia, o seu desespero em ficar sem bateria acaba, pois ele promete ser mais rápido. Outra coisa que foi mantida é a resistência à água e poeira. Sobre o armazenamento, a Apple divulgou que haverá de 64gb e 256gb. Por fim, a grande novidade (se é que você já não sabia!) é o processador: A11 Bionic. Com ele, o hardware é mais potente em comparação do que...
Tecnologia na publicidade

Tecnologia na publicidade

Segundo uma pesquisa feita por profissionais alemães, recebemos, no mínimo, 6 mil ofertas ou anúncios de produtos todos os dias. Uma das culpadas – ou cúmplices!- desse bombardeio é a tecnologia na publicidade. Para que você tenha uma ideia, em 2005, esse número não passava de 1.200. E não é preciso irmos muito longe para que você saiba do que estamos falando. Dá uma olhada na lateral desse blog. Viu o banner promocional? Viu o anúncio na parte superior e  inferior? Pois é! Vamos falar sobre a força da tecnologia na publicidade e como ela tem feito algumas marcas alcançarem status que jamais imaginariam. Se estamos cercados de tecnologia na publicidade… A publicidade – a boa, ok? – tem o poder de persuadir as pessoas. Seja reforçando a escolha que iria ser tomada ou mudando completamente a opção. Analise você mesmo: Quantas vezes você não comprou algo por “comprar”? Aí, bate aquele remorso e ficamos tentando achar o culpado por essa impulsividade. E, ao chegarmos à causadora, vemos ela, linda e dissimulada: a tal da “propaganda”, parceira da publicidade. Umas nos fazem chorar; outras, dar risada. Na verdade, isso não importa muito, já que o estrago será feito da mesma forma. Seja indo na loja ou passando os dados do cartão em algum e-commerce da vida. E para que o cliente não tenha como escapar e fique encantado com determinado produto, a tecnologia aparece. Da pesquisa à gôndola Um dos motivos de abordar esse tipo de assunto é o fato da tecnologia estar presente em quase todo o processo da venda. Se bem que, ao analisarmos melhor, vemos que ela...
Página 1 de 2612345...1020...Última »